ATENÇÃO:
Home / Notícias / Associados / ASPJ-PE apoiou greve do trabalho presencial dos servidores do TJRJ

ASPJ-PE apoiou greve do trabalho presencial dos servidores do TJRJ

Os servidores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro iniciaram no dia 29/06 uma greve do trabalho presencial nas unidades do TJRJ. As reivindicações da categoria expostas em mesa de negociação não foram aceitas e os servidores aprovaram a continuidade da greve, bem como uma paralisação do trabalho remoto o dia 16/07. No Recife, a ASPJ-PE apoiou a postura da Corrente Sindical de Base do TJRJ – Filiada à CSP Conlutas. Nas últimas semanas, a categoria decidiu pela suspensão da greve.

Segundo dados da UFRJ, já são mais de 11 mil mortos no estado do Rio de Janeiro e a taxa de contaminação está em 1,44, quando uma pessoa contamina quase uma e meia. A greve é pela vida e para que os trabalhadores do judiciário ( serventuários, terceirizados e estagiários) possam exercer seu direito à quarentena até o fim da pandemia, com seus salários e remunerações preservados.

Secretário-geral da ASPJ-PE, Arlindo Cavalcanti, deixa o seu apoio aos servidores do TJRJ nas reivindicações pela preservação da vida em tempos de pandemia.